Justiça revoga prisão de denunciado por suposta ameaça de morte à ex-companheira

Capinzal – O juiz Daniel Radünz revogou a prisão preventiva em favor de F.D.G., 33 anos, denunciado pelo Ministério Público por ameaça contra a ex-companheira em Capinzal. Consta nos autos que no dia 9 de fevereiro, por volta das 22h30min, na residência da vítima, situada no Loteamento Esperança, o denunciado teria ameaçada de morte a ex-companheira com quem conviveu por aproximadamente seis anos. “Tais ameaças provocaram imenso temor na vítima, que acreditou que as promessas pudessem vir a se efetivar”, apontou o MP.

No dia seguinte, F.D.G foi preso por ordem da justiça e estava recolhido ao presídio regional de Joaçaba. No pedido de revogação da prisão preventiva, o MP se manifestou contrário, apontando que o denunciado teria feito grave ameaça à mulher e teria tentado entrar na casa por uma janela.

A defesa argumentou que a ex-companheira do réu, atualmente, mora no Litoral Norte do Estado, e que a denúncia, pelo crime de ameaça, prevê pena de detenção de um a 06 seis meses ou multa. F.D.G permaneceu por quase um mês detido.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.