Lançado projeto de preservação de nascentes e áreas de proteção em Ipira

Ipira – Foi lançado na tarde desta terça-feira (21) o projeto “Ipirágua Boa”, que visa à proteção de nascentes e recuperação das áreas de preservação permanente das nascentes no município de Ipira.

O evento foi realizado no auditório do Espaço Cultural e contou com a presença do secretário-executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Concórdia, Wagner Bee, do ex-prefeito de Ipira e engenheiro agrônomo, Vilmar Comassetto, do prefeito de Piratuba, Olmir Benjamini, além dos anfitriões, o vice-prefeito de Ipira, Adilson Schwingel e do secretário municipal da Agricultura, Alexandre D´Ávila, demais representantes da equipe de governo e vereadores.

A data para o lançamento do projeto foi estratégica: véspera do Dia Mundial da Água, comemorado nesta quarta-feira (22). A programação em Ipira integra a VI Semana da Água do Alto Uruguai Catarinense.

Após o lançamento foi realizada visita à fonte protegida em propriedade rural, seguido de degustação de produtos coloniais na Casa Colonial (CPAMI). A iniciativa tem apoio da prefeitura de Ipira, Consórcio Machadinho, Instituto Alcoa, Consórcio Lambari, Comitê do Rio Jacutinga e Epagri.

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. Nesse dia, anualmente, são discutidos sobre os diversos temas relacionados a este importante bem natural.

A preocupação da ONU é quanto ao volume de água (dois terços do planeta Terra), sendo que cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). Grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) está sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem.

Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.