Laudo do IML aponta que moradora de Ouro foi morta com golpe no pescoço

Ouro – Laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a jovem Raquel Morozini, 24 anos, foi morta em decorrência de um golpe no pescoço. O exame cadavérico revela que a moradora de Ouro foi vítima de choque hipovolêmico por esgorjamento, que é uma lesão onde ocorre o corte das partes moles da região anterior (frente) do pescoço. O documento será anexado ao inquérito policial aberto pelo delegado Deyvid Tranche Lima, responsável pelo caso.

Na manhã desta quinta-feira (18), Lima destacou em entrevista à Rádio Barriga Verde e ao Site Michel Teixeira Notícias que a inicialmente a polícia tinha o registro do desaparecimento de uma jovem, registrado pela família no final de semana. Na segunda-feira (15), o ex-companheiro, de iniciais E. dos S., 30 anos, com passagens pela polícia por porte ilegal de arma e receptação, compareceu na delegacia demonstrando preocupação em relação ao desaparecimento. Na ocasião, foi cumprido o mandado de prisão em desfavor do homem, relacionado a tráfico de drogas.

Seguindo com as investigações, nesta quarta-feira (17), o suspeito revelou o local onde teria deixado o cadáver. Uma equipe se deslocou até o local indicado, na divisa entre Campos Novos (SC) e Barracão (RS). A equipe, juntamente com o Corpo de Bombeiros, conseguiram localizar o corpo, que foi encontrado na água próximo à região da ponte. O IGP foi acionado para recolher o corpo, que passou por necropsia.

Segundo o Delegado, a suspeita é de que o corpo estaria desde o final de semana no local onde foi encontrado. A motivação do crime e como foi tirada a vida da jovem ainda estão sendo investigadas. Conforme as informações, o suspeito é investigado e foi preso na segunda-feira pelo crime de tráfico de drogas e outro mandado de prisão também havia sido expedido, desta vez em desfavor da jovem.

Raquel Morozini era natural de Capinzal e morava no bairro Parque Jardim Ouro.

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.