Lula continua preso, decide o presidente do TRF-4

O presidente do TRF-4, Thompson Flores, decide manter o ex-presidente Lula na prisão.

A decisão vai contra a decisão do desembargador plantonista Rogério Favreto de libertar o petista.

O impasse judicial

O desembargador federal Rogério Favreto deu um HC favorável a Lula na manhã deste domingo (8), baseado num pedido feito, na última sexta-feira (06), pelos deputados federais Wadih Damous (PT-RJ), Paulo Pimenta (PT-SP) e Paulo Teixeira (PT-RS), para que o ex-presidente fosse libertado imediatamente da Superintendência da Polícia Federal, pois faltaria fundamento jurídico para a prisão dele.

Logo em seguida, Sergio Moro, responsável pela ação contra o ex-presidente na primeira instância (no caso do triplex do Guarujá), afirmou em despacho que Favreto não tinha competência para conceder liberdade ao petista, porque a ordem de execução provisória da pena imposta ao ex-presidente é da 8ª Turma do TRF, composta por três magistrados. Favreto então reiterou sua decisão de que Lula fosse solto.

O desembargador relator do caso do ex-presidente Lula no TRF-4, João Pedro Gebran Neto, determinou a cassação do habeas corpus concedido ao ex-presidente Lula. Foi então que o Fraveto concedeu novo habeas corpus ao petista.

A nova decisão do desembargador Rogério Favreto foi considerada inédita, já que é incomum os magistrados plantonistas optarem por caminhos contrários aos debatidos em turma.

Coube ao presidente do TRF-4, Thompson Flores, dar a palavra final sobre o caso. (Rádio Bandeirantes)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.