Manutenção da Ponte Pênsil não deve iniciar antes da entrega da madeira

A Ponte Pênsil Padre Mathias Michellizza, que liga Capinzal e Ouro, foi interditada no dia 27 de junho devido as más condições. Desde a interdição, várias pessoas já foram flagradas se arriscando em utilizar a ponte mesmo com as orientações.

No dia 28 de junho, vândalos violaram o isolamento da das cabeceiras da ponte. As fitas colocadas junto à placa informando a interdição foram arrebentadas para permitir a passagem da travessia. No dia 6 de julho, a Defesa Civil de Ouro fez um registro que mostra um homem, já na cabeceira do lado de Ouro, pulando a mureta lateral para transpassar o tapume instalado para impedir o acesso. Os tapumes foram quebrados três vezes e a placa de interdição também já foi danificada.

Junto a interdição, iniciaram os trabalhos de levantamento de quantidade de material e formas de execução da obra. Em Ouro, a manutenção da ponte foi interrompida quando a ponte foi interditada e não será retomada até a chegada da madeira, que será licitada nesta terça-feira (21). A empresa vencedora da licitação vai ter um prazo máximo de 30 dias para fazer a entrega.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.