Marcelino Ramos deve decretar situação de emergência em função do temporal

Marcelino Ramos – A prefeitura de Marcelino Ramos deverá decretar nas próximas horas situação de emergência em razão do temporal que atingiu o município no início da noite deste domingo (23).

De acordo com o secretário de Obras e coordenador da Defesa Civil, André Mendes, dados preliminares apontam que cerca de 70 casas foram danificadas pelo vento e a chuva de granizo. Ele informou que o levantamento será finalizado na tarde desta segunda-feira e em seguida encaminhado à administração.

O prefeito Juliano Zunazzi, em entrevista concedida a Rádio Salette hoje pela manhã, disse que em 45 anos nunca tinha visto algo igual, principalmente com relação ao tamanho das pedras de gelo. O fenômeno climático, que se assemelha a um tornado, está sendo considerado como uma “tempestade severa”.

Os ventos entraram pela costa do lago do Rio do Peixe, pela região do cemitério, e provocaram uma grande destruição. Os bairros mais atingidos foram o 13 de Maio e o Cruzeiro, mas em outras áreas também foram registrados danos, mas em menor escala. De acordo com o prefeito as equipes estão trabalhando desde a noite de ontem e dentro das possibilidades estão procurando atender a demanda das famílias.

Ele citou que algumas casas tiveram toda estrutura do telhado arrancada pelo vento. Sobre o estado de emergência Juliano Zuanazzi entende que há motivos suficientes para emitir o decreto, mas será preciso um reconhecimento também por parte da Defesa Civil do Estado.

Com o decreto sendo autorizado o município estaria habilitado a receber recursos para as auxiliar as famílias que tiveram prejuízos. O prefeito pediu para que as pessoas, principalmente os beneficiados do Bolsa Família, procurem pelo secretário André Mendes para relatar eventuais problemas.

“Mas não podemos gerar expectativas, estamos fazendo todos os procedimentos e eu entendo que existe danos suficiente para declaração de estado de emergência” comentou o prefeito.

Os danos são considerados elevados e a prefeitura está a disposição das famílias. Quem precisar de lona pode procurar diretamente o secretário de obras pelo fone 8446-5285. Toda estrutura da Secretaria está mobilizada na remoção dos entulhos e auxiliando as vítimas. Não há registro de vítimas.

(Fonte: Marcelo Santos)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.