Menino de 10 anos é convidado a conhecer de perto o trabalho da Polícia Militar de Piratuba

Piratuba – Na tarde desta segunda-feira, dia 09, o menino Ariel Cordeiro dos Santos Savaris, de 10 anos, realizou um desejo. Ele foi conhecer o trabalho da Polícia Militar de Piratuba. Apesar de dizer que “tinha medo da polícia”, a curiosidade falou mais alto e ele passou alguns momentos com uma guarnição.

Foi em uma conversa entre o soldado Falcão e o garoto, que surgiu a ideia. “Fiquei sabendo da história dele em um almoço com alguns amigos em que ele estava presente. Minha esposa também me contou sobre o Ariel. Então decidi me aproximar dele e puxei conversa. Convidei ele para conhecer o Pelotão e uma viatura”, disse. “Ele topou na hora”, conta o policial.
No dia tratado entre o PM e o menino, a Policia Militar estava atendendo a uma ocorrência e precisou “atrasar” o encontro, porém depois do dever cumprindo, o soldado Falcão e os sargentos Lindomar e Fabiana, foram até casa de Ariel. Ao entrar na viatura a criança já foi fazendo perguntas e a sargento Fabiana foi explicando tudo com detalhes. “O que mais chamou a atenção dele na viatura, foi o local onde transportamos os presos. Ele tinha curiosidade e pediu para conhecer”, contou ela.
Os policiais também levaram Ariel para conhecer a central de Polícia, onde foi recebido pelo sargento De Moura, que explicou como funciona o monitoramento da cidade. Ao chegar em casa e relatar tudo sobre a visita para a mãe, Ariel se empolgou. “Quero ser policial”, garantiu ele. “Depois que chegamos na casa dele, a mãe nos contou sua história de vida e me emocionei. Como pai, me coloco no lugar dos pais dele e sei que as batalhas para criar um filho não são fáceis, ainda mais com todo o sofrimento que esse menino já teve. Mas hoje o Ariel vive com uma família que lhe dá muito amor e carinho”, ressaltou o soldado Falcão.

A história:

Ariel, que hoje tem uma família em Piratuba, já passou por momentos tristes no passado. No primeiro processo de adoção, feito por um casal do Paraná, ainda com quatro anos, a tentativa não foi bem-sucedida. Então, ele precisava voltar para a “Casa Lar”. Nesse meio tempo, os pais que hoje criam o menino, o adotaram. Ele também passou por problemas de saúde recentemente e enfrentou várias viagens a centros maiores em busca de tratamento.
Ariel é filho adotivo do casal Marinês Schiavini e Tiago Xavier.  “Acreditamos que o medo que ele tinha da polícia tenha começado há alguns anos, quando ele foi levado para a Casa Lar em Capinzal”, conta a mãe. “Meu marido é irmão do Ariel e nesse momento já estávamos casados e com possibilidades de ter a guarda dele. E assim fizemos e hoje ele é nosso filho”, conta Marinês. Ariel, além do Tiago, que é irmão e pai, tem mais cinco irmãos morando em Piratuba e dois com a idade próxima a dele, o Kauê e o Pablo Machado. (Fonte: Magronada)

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.