Moro é o ministro mais popular do governo Bolsonaro conforme pesquisa

Uma pesquisa do Datafolha, divulgada nesta segunda-feira (08), mostrou que o ex-juiz Sergio Moro é o ministro mais popular do governo Jair Bolsonaro , entre sete nomes de chefes de ministérios. Mesmo após a divulgação de supostas mensagens em que ele combinaria ações na Operação Lava-Jato, ele é classificado como ótimo ou bom por 52% dos entrevistados. Segundo o instituto, 20% consideram seu desempenho na pasta regular e outros 20% desaprovam seu trabalho.

A avaliação positiva do ex-juiz, no entanto, caiu sete pontos percentuais em três meses. A aprovação de Moro era de 59%, na ocasião, momento em que 17% dos ouvidos pelo Datafolha classificavam seu trabalho como regular e 15%, ruim ou péssimo.

Nesta segunda-feira, foi publicado no Diário Oficial da União a concessão de cinco dias de licença para Moro tratar de “assuntos particulares”. Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, o período não remunerado de 15 a 19 de julho servirá para o ministro “reenergizar o corpo” e “prosseguir no combate”.

De acordo com o Datafolha, à exceção de Moro e do ministro Paulo Guedes (Economia), os nomes do primeiro escalão do governo são pouco conhecidos pelos entrevistados. O ex-juiz é identificado por 94% deles e Guedes, 77%. Apenas um terço (31%) diz saber quem é o titular da pasta de Educação, Abraham Weintraub.

Paulo Guedes tem desempenho considerado bom ou ótimo por 31%. É visto como regular por 24% e como ruim ou péssimo por 16%. Há três meses, sua aprovação era de 30%, quando era conhecido por 74%.

Depois deles, segundo o levantamento, vem a ministra Damares Alves, da pasta de Mulher, Direitos Humanos e Família. Ela é conhecida por 54% dos entrevistados e tem a gestão considerada boa ou ótima por 22%, regular por 14% e ruim ou péssima por 15%.

Sergio Moro (Justiça) – 52% aprovam; 94% conhecem
Paulo Guedes (Economia) – 31% aprovam; 77% conhecem
Damares Alves (Direitos Humanos) – 22% aprovam; 54% conhecem
Onyx Lorenzoni (Casa Civil) – 17% aprovam; 47% conhecem
Ernesto Araújo (Relações Exteriores) – 15% aprovam; 37% conhecem
Ricardo Salles (Meio Ambiente) – 14% aprovam; 42% conhecem
Abraham Weintraub (Educação) – 9% aprovam; 31% conhecem

O levantamento foi realizado em 4 e 5 de julho com 2.860 entrevistados em 130 cidades do país. Todos têm mais de 16 anos. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Com informações O Globo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.