MPF quer investigação da facada em Bolsonaro no STF

As investigações a respeito do atentado contra o presidente Jair Bolsonaro em 2018 ainda não chegaram ao fim. O Ministério Público Federal em Brasília pediu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que envie o caso para o Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

O inquérito trata do advogado Zanone de Oliveira Júnior, que defende Adélio Bispo, responsável por esfaquear Bolsonaro. As investigações buscam saber que financia o defensor.

O pedido foi enviado pelo procurador José Alfredo de Paula Silva ao TRF-1 na quinta-feira (12). Para ele, o episódio foi um crime político, e por isso deve ficar a cargo do Supremo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.