Mulher que esfaqueou companheiro em Capinzal agiu por legítima defesa, diz polícia

Capinzal – É estável o estado de saúde de Augusto Romão, 54 anos. Ele foi esfaqueado na noite da última quarta-feira (19). A vítima está internada em quarto normal do Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba. Conforme as informações, Romão passou por apenas um procedimento cirúrgico, no dia dos fatos, e está com a atividade intestinal normalizada.

O homem foi ferido pela companheira, M.J.L.S. O desentendimento ocorreu por volta das 18h30min na rua João de Oliveira Bronze, bairro Santa Maria, próximo ao colégio Mater Dolorum em Capinzal.

Conforme as informações colhidas no local junto a testemunhas, o homem teria primeiramente agredido a mulher que, posteriormente, pegou uma faca e desferiu um golpe no abdômen do companheiro. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado às pressas ao Hospital Nossa Senhora das Dores. A arma ficou cravada no corpo. Devido à gravidade do ferimento o homem foi transferido ao Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba.

A Polícia Militar fez os levantamentos. A mulher permaneceu no local. A faca foi apreendida e a mulher encaminhada à delegacia para prestar depoimento. O delegado entendeu que ela agiu em legítima defesa. Após o depoimento ela foi liberada.

No sofá da casa ficaram marcas de sangue, assim como em algumas roupas. O porão onde o casal reside foi isolado para perícia. Vizinhos disseram que eram constantes brigas entre os envolvidos. Conforme os filhos, a mãe já vinha sendo agredida pelo companheiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.