Número de mortes por gripe A e B sobe para 54 em Santa Catarina

O número de mortes por gripe A e B em Santa Catarina em 2018 subiu para 54, segundo boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC). A maioria das vítimas tinha algum fator de risco. Os dados mais recentes são de quarta-feira (3).

Os casos ocorreram nos seguintes municípios catarinenses:

  • Florianópolis: seis mortes
  • São José: cinco mortes
  • Jaraguá do Sul: quatro mortes
  • Joinville: três mortes
  • Araquari, Barra Velha, Blumenau, Lages, Itajaí, Palhoça, São Francisco do Sul e Vidal Ramos: duas mortes cada
  • Antônio Carlos, Balneário Barra do Sul, Balneário Camboriú, Canoinhas, Criciúma, Garopaba, Guatambu, Içara, Imbituba, Leoberto Leal, Nova Trento, Passos Maia, Pomerode, Rio do Sul, Rio Negrinho, São Miguel da Boa Vista, Tubarão, Tunápolis, Turvoe Videira: uma morte cada

Prevenção

Como prevenção à gripe, o órgão recomenda lavar as mãos com frequência e evitar ambientes fechados com aglomeração de pessoas.

A Dive-SC também orienta que sejam mantidos limpos com álcool objetos e superfícies que tenham contato direto com mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos e que não sejam compartilhados objetos de uso pessoal, como copos e talheres.

Sintomas

O diretor da Dive-SC, Eduardo Macário, enfatizou que é importante que a pessoa procure atendimento quando tiver os sintomas. “Não fique em casa, mesmo se tiver sido vacinada. Procure uma unidade de saúde para fazer o primeiro atendimento, para ver se há necessidade do uso do antiviral, além de outros medicamentos”, afirmou.

Os sintomas da doença são:

  • febre
  • falta de ar
  • tosse
  • dor de cabeça
  • dor de garganta
  • dor no corpo

(G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.