Objetos são recuperados e vítimas encontradas após assalto a ônibus argentino em Ponte Serrada

Ponte Serrada – Um ônibus de excursão foi alvo de assaltantes no final da noite desta segunda-feira, dia 28, no interior de Ponte Serrada. A Polícia Militar conseguiu recuperar os objetos e encontrar as vítimas já durante a madrugada. Os bandidos, que chegaram a atirar contra o coletivo no momento da abordagem, conseguiram fugir a pé por uma área de mata após encontrarem a PM já quando fugiam com os pertences das vítimas.

As autoridades foram acionadas por uma pessoa que observou o ônibus entrar em uma estrada de terra próxima à ponte do Rio Irani, nas margens da BR-282, seguido por um automóvel. As guarnições foram ao local e percorreram cerca de três quilômetros até se depararem com o carro dos criminosos, que seguia em sentido oposto. Cerca de 300 metros antes da viatura, o trio que ocupava um o Fiat Marea, com placas de Concórdia, parou o automóvel e fugiu a pé em meio à mata.

Dentro do veículo a PM encontrou várias roupas, calçados e malas de viagem. Também havia seis garrafas de vinhos argentinos. Mochilas ainda foram encontradas, além de R$ 1.082 em dinheiro e 10.178 em pesos argentinos. Um tacógrafo digital, três celulares, pares de calçados masculinos, perfumes e um HD externo também foram recuperados.

Na revista as autoridades localizaram ainda uma mochila com algumas limas de afiar motosserra, além de chaves de motosserra, um vidro de óleo lubrificante de motosserra, mais peças de roupas, uma bandoleira de couro para espingarda, um cartucho deflagrado de calibre 12, um celular e uma caneta com capa artesanal com a descrição “Junior”, semelhante às que são produzidas em presídios.

Passageiros agredidos

O ônibus foi encontrado a cerca de cinco quilômetros de distância de onde o automóvel com os criminosos foi interceptado. O coletivo era um Volvo, de origem argentina, pertencente a uma empresa do país vizinho. Os passageiros e motoristas não estavam mais no veículo porque tinham saído para encontrar ajuda.

Conforme a PM, apenas uma jovem de 26 anos e uma idosa de 71 eram as passageiras. Os motoristas de 53 e 55 anos foram localizados juntos. Todas as vítimas foram agredidas com socos e pontapés. Ainda durante a ação, os assaltantes ordenaram que as passageiras tirassem as roupas para que fossem revistadas.

A ação

Um dos condutores informou que o ônibus saiu de Posadas, na Argentina, com destino a Florianópolis, e ao passar por Ponte Serrada, logo após o último posto de combustível, percebeu que um veículo passou a acompanhar o coletivo. Já na altura da Linha Farroupilha, em uma serra, o veículo emparelhou com ônibus e um dos bandidos atirou contra a porta lateral do Volvo.

De dentro do Marea saíram dois homens encapuzados, portando duas espingardas de dois canos. Os criminosos ordenaram que o coletivo acessasse uma estrada de terra nas margens da BR-282, com um dos assaltantes assumindo a direção. Ao chegarem a uma área de reflorestamento de eucalipto, roubaram os celulares, dinheiro e outros pertences das vítimas, fugindo do local.

Apesar de conseguir interceptar o Marea e recuperar os bens dos passageiros e motoristas, a PM realizou várias buscas com o apoio de outras guarnições, mas nenhum dos criminosos foi encontrado. O ônibus e as vítimas foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Ponte Serrada, responsável pela investigação do caso. (Oestemais)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.