Ocorrências de ameaça foram as mais registradas pela PM de Capinzal nesta segunda

Por volta das 7h15min desta segunda-feira (30) a Polícia Militar foi acionada para se deslocar até a Rua Antônio Macarini, Jardim da Serra, para atender uma ocorrência de dano e injúria. Chegando ao local foi conversado com M.L.B, o qual, relatou que neste domingo (29) por volta das 20h30 estava em seu estabelecimento comercial, quando ouviu gritos na rua, assim, foi até a janela para ver o que estava acontecendo, dessa forma, se deparou com M.A brigando com alguém na rua, que este então veio até em frente a seu estabelecimento, proferiu xingamentos e atirou pedras na janela danificando os vidros do local. Após M.A saiu do local em rumo incerto. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, o levantamento fotográfico e expediu a guia de dano.

Por volta das 14h15min a guarnição foi até a Rua Amélia Gaspareto, Vila Sete de Julho, para atender uma ocorrência de Acidente de trânsito com apenas danos materiais. Chegando ao local foi conversado com os envolvidos, A.C. da S, condutor do veículo Fia Fiorino com placas de Capinzal o qual relatou que um veículo cortou sua preferência vindo a colidir na lateral causando apenas danos materiais. O outro envolvido, J.L.T, condutor do veículo Kia Soul com placas de Florianópolis teve apenas danos materiais. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência e o levantamento fotográfico.

Por volta das 15h a PM foi registrada uma ocorrência de ameaça. Sendo conversado com a  C.A.X, a qual relatou que vem sofrendo ameaças de morte por seus vizinhos, os quais disseram que irão botar fogo na casa com C.A.X e seu filho dentro. A vítima informou que tem receio de sair de casa, uma vez que teme pela sua integridade e de seu filho.
Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência e o levantamento fotográfico.

Por volta das 17h20min a PM em fiscalização de trânsito abordou a motoneta Honda Biz com placa de Capinzal conduzida por E.M.S.M, assim, em consulta ao sistema foi constatado que a motocicleta estava com a documentação em dia porém o condutor não era habilitado. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência os autos de infração de trânsito cabíveis e recolheu a motocicleta junto ao pátio do guincho credenciado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.