Operação das polícias de Roraima acaba com dois presos em Pinheiro Preto

Foto: reprodução

Uma operação das forças de segurança de Roraima prendeu duas pessoas em Pinheiro Preto, no Meio-Oeste catarinense. Operação realizada nesta terça-feira (21) teve como finalidade desarticular uma organização criminosa que atuaria no tráfico de drogas nos estados de Roraima, Amazonas, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No total foram 170 policiais enolvidos na operação. As investigações iniciaram em 2019 quando as apreensões da droga skunk se intensificaram no estado de Roraima. Essa droga é uma mistura genética de outras drogas popularmente conhecida como a ‘supermaconha’. E durante as investigações foi descoberto que havia apenas um fornecedor, o principal suspeito de distribuição de drogas por todos os estados.

Inclusive, foi descoberto também, que ele chefiava uma organização criminosa. Até o momento foram apreendidos 900kg de drogas entre cocaína, maconha e skunk. Conforme a polícia, a organização criminosa teria uma logistíca completa para o transporte e fornecimento dos entorpecentes com uso de automóveis (com capacidade de transporte de até 25kg) e carretas com fundos falsos (com capacidade de transporte de até meia tonelada).

Caso sejam condenados, os envolvidos podem pegar pena de até 40 anos por crimes como tráfico de drogas, associação ao tráfico, lavagem de dinheiro e operação criminosa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.