OURO: Cabos eleitorais são detidos após perseguição

A noite de sábado, dia 01, e madrugada deste domingo, dia 02, foi de inúmeras denúncias de crime eleitoral em Capinzal e Ouro. O caso mais concreto o qual resultou na condução de cinco pessoas até a delegacia de Polícia Civil aconteceu por volta das 3h30min na Rua Governador Jorge Lacerda, no acesso a Vila São José, em Ouro.

Segundo a Polícia Militar, após várias denúncias de que indivíduos estariam realizando abordagem de carros e de pessoas para compra de votos, duas viaturas descaracterizadas da Polícia Militar foram empenhadas, com apoio de uma viatura do Serviço de Inteligência (P2).

Durante as rondas uma guarnição visualizou um homem abordando pessoas e até mesmo impedindo-as de subir em direção aos bairros. A viatura do P2 começou a acompanhar as ações dos suspeitos. Foram realizadas várias campanas para saber os motivos de tais abordagens. No momento em que as viaturas caracterizadas passavam pelos referidos locais, os envolvidos cessavam suas ações, vindo a retomá-las em seguida.

Após uma hora de diligência do policiamento velado (viatura descaracterizada), acabou que, os envolvidos passaram a seguir esta viatura, fazendo uma espécie de cerco, e que, quando esta parava, os veículos que a seguiam paravam há certa distância e ficavam monitorando. Foi percebido em determinado momento que um PEGEOT/206 SW de placas de Capinzal, um FIAT/UNO de cor branca e uma caminhonete GM/S10 placas Ouro, passaram a perseguir por todas as ruas de Ouro, numa tentativa de abordar a viatura.

Depois de alguns minutos, a viatura foi em direção ao interior do município onde se constatou que os referidos veículos continuavam a perseguição, entre eles o Fia Uno, que seguiu por diversos bairros até chegar ao Kleinunbing onde  a viatura estacionou, sendo observada de uma distância de aproximadamente 50 metros pelo Uno. O motorista foi visto com o celular na mão, fazendo ligações e conversando no aparelho. Foi quando o policial decidiu retornar para a área central e no caminho procurou uma rua sem saída para se esconder, momento em que se percebeu o Fiat Uno descendo e encontrando outros dois veículos, oportunidade em que a viatura seguiu até a Rua Governador Jorge Lacerda, no acesso a Vila São José.

No instante que a viatura estacionou ao lado da via, o Fiat Uno fez ultrapassagem e parou a uma distância de cerca de 30 metros e, em seguida, uma caminhonete parou na traseira da viatura e o Peugeot ao seu lado. Após alguns minutos todos os ocupantes dos veículos desembarcaram, e enquanto os ocupantes do Uno foram em direção a viatura, os demais já desembarcados forçavam as portas da viatura.

Os policiais visualizaram que os homens do Fiat Uno portavam objetos semelhantes a cassetetes e arma de fogo, porém, visto e confirmado que o carona do Peugeot estava na verdade com uma chave de roda na mão. Foi tentado contato com a Central para solicitar apoio, porém, devido a falta de sinal e problema no rádio de comunicação o policial decidiu efetuar a abordagem, vindo a se identificar e em seguida ordenou que os mesmo colocassem mão na cabeça, sendo acatado pelos indivíduos.

Cinco elementos do Fiat Uno, mais um que estava na caminhonete conseguiram se evadir do local, vindo a tomar destino ignorado. Foi quando o policial conseguiu solicitar apoio às guarnições caracterizadas que ao realizarem busca pessoal e veicular encontraram diversos santinhos e em torno de R$ 144,50 em espécie. Diante dos fatos todos envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Capinzal onde estão sendo ouvidos pelo delegado Deyvid Tranche Lima.

Fonte: Jornal A Semana

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.