Perseguição e tiroteio terminam em morte no Centro de Chapecó

Na noite desta segunda-feira (12) um homem foi morto em Chapecó depois durante um tiroteio. Segundo a Polícia Militar, o suspeito estava em uma caminhonete Amarok, que transportava cigarros contrabandeados. Em outras duas ações na cidade outros dois suspeitos foram presos e duas caminhonetes apreendidas. A polícia suspeita que os homens atuavam em parceria.

A abordagem começou por volta das 22h e seguiu até a Avenida Getúlio Vargas, a principal da cidade. O condutor da caminhonete não teria acatado a ordem de parada das guarnições. Ao perceberem a ação do suspeito em fuga, efetuaram disparos em direção ao veículo.

O homem, que ainda não teve a identidade divulgada, foi alvejado. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas ele não resistiu aos ferimentos. A área foi isolada e o Instituto Geral de Perícias (IGP) recolheu o corpo.

Em outros pontos da cidade, duas caminhonetes, S10 e Toro, que também estariam envolvidas no transporte da carga contrabandeadas, foram alvos de ações policiais.

Os suspeitos da S10, que estariam fazendo o serviço de batedor da carga, foram detidos e o veículo apreendido. Os homens presos vão ser ouvidos durante a manhã desta terça-feira (13) pela Polícia Federal, que vai investigar esse caso de contrabando de mercadoria.

Já a Toro foi localizada pelos policiais próximo ao Jardim América. O veículo estava aberto e carregado de cigarros. A polícia suspeita que a caminhonete estivesse junto com o grupo.

A PF não soube informar a quantidade de cigarros localizados durante a noite. (G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.