Pescadores encontrados no Norte catarinense morreram por asfixia antes de serem jogados ao mar, segundo laudo do IML

Pescadores saíram de casa na sexta-feira, dia 8 (Foto: Divulgação)

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) indicou que os três pescadores que estavam desaparecidos e foram encontrados na Baía da Babitonga, no Norte catarinense, morreram de asfixia antes de serem jogados ao mar. A Polícia Civil ouviu alguns familiares e amigos das vítimas e investiga se os homens foram executados.

Os pescadores desapareceram em São Francisco do Sul, no Norte do estado, em oito de novembro. Após três dias de buscas, os corpos foram encontrados. Um deles foi localizado na Vila da Glória, em São Francisco do Sul, por volta das 6h30. Os outros dois foram encontrados por volta das 7h em Itapoá, município vizinho, conforme informado pelo chefe de equipe do Corpo de Bombeiros Voluntários de São Francisco do Sul, Luis Carlos de Brito. (Com informações do G1)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.