Piratuba tem Plano Municipal de Emergência em Saúde Pública homologado

A cerimônia de homologação do programa aconteceu nesta segunda-feira, (11) em Lages, região Serrana do estado.

O Diretor de Saúde de Piratuba, Dirceu Dalmagro e o Coordenador de Combate à Endemias, Júlio Cesar de Moura participaram do ato, que aconteceu Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), no Campus da Udesc.

Dos 295 municípios do estado, 83 cidades já aderiram ao plano, que prevê ações emergenciais em caso de desastres naturais ou de ordem tecnológica. Segundo o Diretor de Saúde de Piratuba, Dirceu Dalmagro, em Piratuba os avanços no setor garantiram a conclusão total do processo, que contemplam dois  módulos: O de Deslizamentos, Inundações e Desastres Naturais e o de Produtos Perigosos: “ Nossas equipes já identificaram as quatro áreas de risco no município e relataram também os pontos de venda ou armazenamento de produtos químicos no município,” afirma.

O Vigidesastre, como é conhecido o programa, foi instituído no país pelo Ministério da Saúde por meio de uma portaria, em 2013. O plano funciona como um protocolo de ações padronizadas, aplicado em casos de emergência como inundações, deslizamentos ou até mesmo vazamento de produtos químicos, que coloquem em risco o meio ambiente e a população.

De acordo com o Agente de Vigilância Sanitária de Piratuba, Soeliton de Oliveira, “este é o primeiro passo para a redução de riscos de desastres, já que uma vez efetivado o plano, as ações de gestão de risco são permanentes ”observa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.