PM detém homem que vendia sem autorização os móveis da mãe e que tentou agredi-la em Ouro

Ouro – Uma ocorrência de violência doméstica foi atendida na tarde desta terça-feira (21) pela Polícia Militar em Ouro. O fato ocorreu por volta das 14h na rua Presidente Castelo Branco, bairro Navegantes. Conforme as informações, o suposto agressor, que possui uma extensa ficha criminal, incluindo registros de Violência domestica, ameaça e lesão corporal, estaria vendendo, sem autorização, os móveis de sua mãe e, conforme a vítima, o filho estaria extremamente agressivo e sob efeito de drogas, ameaçando-a.

No local os policiais conversaram com a mulher, a qual confirmou a denúncia e informou que o filho estava na parte de trás da residência. A mulher disse que já não aguentava mais as ameaças e tentativas de agressão do filho. Ela informou ainda que na noite anterior o autor tentara acertar golpes de picareta nela e em seu marido.

Entretanto, o suposto agressor não estava no local. Enquanto a guarnição policial confeccionava o boletim de ocorrência ele apareceu. Tendo em vista a ficha criminal e as informações de que estava extremamente agressivo, ao ser visualizado foi dado ordem para que ele parasse e colocasse as mãos na cabeça.

Exaltado, desobedeceu a ordem e começou a gritar contra a guarnição. Xingou os policiais e disse que “sabia de seus direitos e não iria obedecer”. Foram emitidas sucessivas ordens, sendo todas desconsideradas e tendo como efeito exaltar ainda mais os ânimos do homem, que deixou claro que não iria colaborar e que poderia a qualquer momento agredir os policiais.

Tendo em vista a abordagem verbal não funcionar a guarnição policial iniciou técnicas de imobilização, sendo que mesmo assim o homem resistiu até ser algemado e contido. Em seguida foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Capinzal para providências cabíveis.

Por volta das 17h15min a PM atendeu uma ocorrência de agressão. Foi na rua Agenor Trancoso em Capinzal. A guarnição policial em rondas próximo ao Hospital Nossa Senhora de Lurdes foi abordada por um jovem que informou ter sido agredido pelo pai de sua namorada.

A vítima apresentava escoriações e arranhões nos braços e pernas, aparentemente sendo lesões provenientes de uma agressão. A vítima, acompanhada de seu pai, deslocou até o hospital para atendimento médico. Diante da situação a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, emitiu a guia de lesão corporal, acionou a Polícia Civil e orientou o solicitante.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.