PM registra caso de violência doméstica e descumprimento de medida judicial em Capinzal

Capinzal – Uma ocorrência de violência doméstica (Lei Maria da Penha) foi registrada na noite desta sexta-feira (11) no loteamento Lar Imóveis. A corporação foi acionada por volta das 19h. Segundo as informações, a suposta vítima, de 20 anos, relatou que estava com o marido no centro da cidade e que começaram a discutir por causa da perda da guarda dos filhos, e que ao chegarem a casa, o marido teria começado a lhe xingar com diversos palavrões e também teria ameaçado de morte se ela se separar dele.

Após as ameaças e xingamentos, o homem teria desferido um chute que acertou o pé da vítima, causando inchaço e ainda a derrubou no chão. Em seguida, alguns vizinhos intervieram e ligaram para a polícia.

O agressor fugiu do local. A PM fez o levantamento fotográfico e da vítima, fez as orientações necessárias e prestou auxilio à vítima que ficou na casa dos pais na localidade de Alto alegre.

Trânsito

Por volta das 22h30 no Acesso Cidade Alta próximo ao trevo de acesso à Vila Sete de Julho a guarnição fazia abordagens de veículos em vistoria de trânsito quando foi abordado um Gol com placas de Capinzal.

O condutor, de 39 anos, não possuía carteira de habilitação. Foi efetuado o boletim de ocorrência, efetuada notificação de trânsito cabível e liberado o veículo para um condutor habilitado.

Descumprimento de ordem judicial

Por volta das 23h15min a PM fazia rondas quando avistou em frente a um bar uma mulher de 35 anos, a qual cumpre pena em regime aberto e deve cumprir algumas condições impostas pela Justiça. Ela estava em frente ao estabelecimento onde haveria um show musical ao vivo, e ainda apresentava sinais de embriaguez. Em consulta quanto às medidas impostas, foi verificado que local e horário não permitem sua permanência.

A PM fez o boletim de ocorrência, levantamento fotográfico e posteriormente irá comunicar ao Poder Judiciário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here