Polícia Civil de SC recupera 393 veículos roubados em 2018

Estado –  A Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) obteve, ao longo de 2018, resultados significativos na recuperação de veículos roubados. Em todo o Estado de Santa Catarina, as equipes de policiais civis da DFRV-DEIC realizaram 89 prisões e recuperaram 393 veículos, entre automóveis, caminhões e motocicletas.

A divisão comandada pelo delegado Rodrigo Bortolini foi responsável, dessa forma, pela
recuperação de patrimônio avaliado em R$ 10,104 milhões (aplicados os índices da tabela Fipe).

“Esse resultado só foi possível graças ao empenho dos agentes, altamente capacitados na
identificação veicular, assim como na investigação de furtos, roubos, adulterações e outros crimes relacionados a veículos”, salienta Bortolini.

O delegado ainda destaca que, frequentemente, a equipe presta auxílio e palestras
compartilhando conhecimentos na área com outras unidades e até mesmo com outras instituições, como a Receita Federal, Polícia Militar e PRF. “É esse trabalho integrado, inclusive, que permitiu em 2018 alcançar um índice de 66,7 % de recuperação, um dos melhores no cenário nacional.”

Em 2019, com a diminuição dos índices de furtos e roubos, o trabalho da DFRV-DEIC passará a ser mais intenso junto aos receptadores, como forma de inibir esse tipo de delito e responsabilizar quem atua nos desmanches.

Em Santa Catarina, as ações da DFRV-DEIC, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Polícia Militar e Guardas Municipais resultaram na recuperação de 8.257 dos 12.373 veículos roubados/furtados em 2018.

DADOS NO ESTADO
Em 2018, foram furtados ou roubados em Santa Catarina, 3.686 veículos a menos do que em 2017, o que significa uma redução de 23% nesse tipo de delito. Se o referencial for apenas o crime de roubo, onde o veículo é levado mediante uso de violência, os números caíram de 3.714 para 2.597, num índice aproximado de 30%.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.