Polícia Civil prende membros de facção criminosa que atuava na região de Joaçaba

A Polícia Civil de Joaçaba prendeu na semana que passou integrantes do Primeiro Grupo da Capital (PGC) que mantinha na região uma célula da organização criminosa e dominava o tráfico de drogas e venda de armas ilegais. Tudo era coordenado pelos bandidos de dentro do presídio.

Após três meses de investigação a Polícia Civil , através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joaçaba, desencadeou a “Operação Nice”, com o objetivo de prender temporariamente 12 possíveis integrantes da facção criminosa.

A investigação apurou que o PGC possuía uma célula na cidade de Joaçaba, onde seus integrantes praticavam o tráfico de drogas e comércio de armas. As atividades dos integrantes da organização criminosa eram coordenadas de dentro do Presídio de São Pedro de Alcântara.

Das doze pessoas envolvidas, 5 já estavam presas. Sendo que 4 foram presos em flagrante no mês de agosto pela DIC enquanto dividiam 1,5 Kg de maconha, 1,0 KG de cocaína, 400 gramas de crack e 1000 comprimidos de ecstasy. Os mandados de prisão foram cumpridos nas cidades de Joaçaba, Herval d´Oeste , Tangará e São Pedro de Alcântara.

A operação leva o nome de Nice, na mitologia grega Deusa da vitória, em razão do esforço realizado pela Polícia Civil de Joaçaba no investigação e sucesso no cumprimento das medidas cautelares deferidas pelo Poder Judiciário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.