Polícia Civil prende padrasto de criança morta por possíveis maus-tratos no Oeste

Xanxerê – Após diversas diligências realizadas a Polícia Civil por meio da DPCAMI e DIC, deram cumprimento na tarde deste domingo (16), ao mandado de prisão preventiva em desfavor ao padrasto da menina de nove meses que morreu em Xanxerê vítima de possível maus tratos. O rapaz de 23 anos estava sendo procurado pela polícia, e nesta tarde acompanhado de seu advogado se apresentou na Delegacia, onde prestou depoimento e posteriormente foi recolhido ao Presídio, onde permanece à disposição da justiça.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a criança foi encontrada com graves ferimentos de queimaduras em um dos pés que estava “em carne viva”, além de hematomas pelo corpo e sinais de afundamento de crânio e cicatrizes pelo corpo. Segundo levantamentos feitos pela reportagem do Ronda Policial, havia ainda a suspeita de que a menina teria sido também violentada sexualmente, mas o laudo pericial descartou essa hipótese. A mãe da menina, de 17 anos está recolhida no Casep, enquanto que o outro filho da adolescente um menino de 03 anos está aos cuidados do Conselho Tutelar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.