Polícia identifica testemunhas para depoimento sobre acidente que matou idosa

Capinzal – A Polícia Civil trabalha na identificação de testemunhas para audiência sobre o caso do atropelamento com morte ocorrido no mês passado no centro de Capinzal. O inquérito foi aberto pela delegada Fernanda Gehlen da Silva. Segundo ela, por se tratar de um caso complexo os depoimentos das testemunhas serão fundamentais para embasar o procedimento policial antes de remetê-lo ao fórum.

O acidente fatal ocorreu no dia 18 de dezembro, por volta das 20h15min na rua Presidente Nereu Ramos.  Antônia Zeni Wilbert, 73 anos, foi atingida por uma moto Honda CG-150 com placa de Ouro conduzida por um jovem de 21 anos, entregador de lanches.

Em 14 de setembro deste ano outra mulher morreu atropelada por motocicleta na mesma rua. Relembre clicando aqui.

A idosa chegou a ser socorrida e encaminhada à emergência do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), mas não resistiu. O motociclista foi primeiramente encaminhado ao HNSD e depois transferido ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) em Joaçaba. Ele já recebeu alta.

A Polícia Militar isolou o local do acidente e acionou o Instituto Geral de Perícias (IGP) de Joaçaba. A idosa era empresária do ramo de alimentação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.