Polícia indicia prefeito e secretário por morte de funcionário em Campos Novos

Campos Novos – A Polícia Civil concluiu investigação sobre o acidente que vitimou o subsecretário Geraldo Mafioleti e responsabiliza criminalmente o secretário de Obras Aldocir Michelotto e o prefeito Nelson Cruz.

A polícia divulgou nesta quinta-feira, 10, o resultado da investigação da morte do subsecretário. As informações foram repassadas no início da noite.

No dia 19 de maio de 2016, por volta das 15h no Bairro Nossa Senhora de Lourdes em Campos Novos, ocorreu um desmoronamento de terra durante a realização de uma obra do município de Campos Novos, tendo resultado na morte de Geraldo Mafioleti.

Em razão do acidente, a Polícia Civil instaurou um inquérito policial visando apurar os fatos, tendo então colhido provas de que Aldocir Michelotto (secretário de Obras) e o prefeito Nelson Cruz, não observaram o dever de cuidado ao permitirem a realização da obra sem a observância das normas técnicas previstas na legislação que trata da segurança em obras ou construções.

Segundo o delegado Adriano Almeida, que coordenou a investigação, “durante o trabalho a Polícia Civil descobriu graves irregularidades na execução obra, dentre elas, falta de equipamento de proteção individual para os trabalhadores; falta de escadas e rampas dentro da vala; falta de escoras; falta de sinalização; falta de taludes, para garantir estabilidade ao local, falta de isolamento no perímetro; falta de projeto de execução e, também, falta de anotação de responsabilidade técnica por profissional habilitado”.

“Soma-se a isso, o fato de que o senhor Aldocir, secretário de Obras havia sido avisado pelos trabalhadores a respeito da possibilidade de desmoronamento no local, entretanto, nada fez para evitá-lo”.

Ainda, de acordo com o delegado Adriano, “todas estas irregularidades contribuíram para o desmoronamento das paredes laterais da vala, o que resultou no óbito do secretário Geraldo Mafioletti”.

Diante disso, a Polícia Civil concluiu que o secretário de Obras Aldocir Michelotto e o prefeito Nelson Cruz, em razão de suas condutas negligentes, são responsáveis pela ocorrência do acidente, devendo ambos responder criminalmente pelo crime de homicídio culposo.

Dessa forma, além de indiciar o secretário de Obras Aldocir Michelotto, a Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pelo encaminhamento do inquérito policial ao Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, a quem incumbe julgar o prefeito Nelson Cruz, em razão do foro por prerrogativa de função.

(Fonte: Jornal Celeiro)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.