Prefeito de Joaçaba fala sobre reunião com governador sobre coronavírus em SC

Foto: Divulgação

Joaçaba – O prefeito de Joaçaba, Dioclésio Ragnini comentou a respeito da reunião realizada na manhã deste domingo, entre prefeitos e Governador Carlos Moisés para tratar a respeito da situação de Isolamento no Estado.

O prefeito afirmou que o Decreto, de fato será prorrogado, por 7 ou 10 dias, (ainda será decidido), visto que a maioria pediu para que o Decreto não fechasse no meio da semana e sim no fim de semana. Dessa forma, a retomada programada para a quarta-feira (1º) não acontecerá.

Ragnini comentou ainda sobre o que foi falado quanto ao cenário da Educação, sendo que os 30 dias previstos no decreto tendem ser prorrogados também, com a volta às aulas adiada por mais tempo.

Sobre os respiradores Deoclésio comentou que o Governo do Estado sinalizou estar comprando mais 300 unidades mas, tendo problemas com a logística. Além disso, também se pensa no aumento para 700 leitos de UTI no Estado. Como não seria possível colocar tudo no litoral do Estado será divulgado para onde irão os demais. A tendência é que esses aparelhos sejam remanejados para grandes centros onde haverá concentração de equipes de saúde trabalhando.

“A grosso modo, o decreto vai ser prorrogado por mais sete dias, eu acredito que não é sete porque a maioria do pessoal pediu para que esse decreto não fechasse no meio da semana e sim no final de semana, digamos assim de domingo a domingo, mas então, baseado nisso eu acredito que o decreto vai ser de dez dias, e não de sete dias. Então, se alguém está pensando já em fazer alguma retomada na quarta-feira esqueça. E vai ser muito mais, teve um momento em que foi comentado com o governador que o ano da Educação estaria perdido. Portanto, na questão da Educação, também pode se programar que vai vai ser adiado por muito mais tempo que o decreto não só de 30 dias, mas por muito mais tempo, disse.

(Com informações Éder Luiz)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.