Prefeito, vice e secretários de Capinzal devolverão parte dos salários para combate ao Covid-19

Capinzal – Membros da administração municipal de Capinzal estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (06) para avaliação das ações de enfrentamento ao coronavírus no município, desencadeadas, principalmente, pela secretaria municipal de Saúde. Outra preocupação da administração é com o equilíbrio financeiro do município diante da pandemia e o estudo de medidas para não prejudicar o andamento de programas básicos para a população.

Conforme o prefeito Nilvo Dorini, foi decidido que, num primeiro momento, serão suspensos os contratos com os fornecedores considerados não essenciais como transporte escolar e a suspensão de contratos com estagiários. Ainda está sob análise os contratos com servidores admitidos em caráter temporário (ACT’s), revisão dos cargos cargos comissionados nas secretarias e a concessão de funções gratificadas, além de férias coletivas e licenças-prêmio para os servidores dos setores que não estão em atividade.

Dorini confirma que prefeito e vice devolverão 25% dos seus vencimentos e que os secretários farão a devolução de 15% dos salários enquanto durar a pandemia. O prefeito afirma que as medidas são necessárias para garantir o pagamento aos servidores e fornecedores, além de assegurar os recursos necessários para os atendimentos da Secretaria da Saúde.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.