Prefeitura de Capinzal realiza nesta terça-feira o leilão de bens inservíveis; confira os itens

Capinzal – A Prefeitura de Capinzal realiza nesta terça-feira (06) o leilão de bens considerados inservíveis para a municipalidade. O leilão será nas dependências da Câmara de Vereadores, localizada na rua Alexandre Thomazzoni, com início às 8h30min. De acordo com o secretário de Administração e Finanças, Ivair Lopes Rodrigues, uma comissão nomeada – formada por servidores e representantes da comunidade – fez o levantamento de alguns bens que já não tinham mais utilidade para a prefeitura. No total foram apontados 24 itens.

O valor arrecadado, conforme Rodrigues, interessa ao município para que possa fazer novos investimentos. O valor estipulado a ser arrecadado vislumbra um efetivo custo-benefício para a renovação da frota. Os bens a serem leiloados são:

Fundo Municipal de Assistência Social

Gol ano 2004, por valor mínimo de R$ 3 mil

Saúde

Renault Master, ano 2005, valor mínimo de R$ 8 mil

Educação

Ônibus, valor de R$ 8,5 mil

Agricultura e Meio Ambiente

Gol ano 2001, R$ 3,5 mil

Trator de esteiras Komatsu D-51, ano 2010, R$ 140 mil

Trator de pneus, ano 93, R$ 15 mil

Trator de pneus, ano 93, R$ 15 mil

Dois distribuidores de adubo líquido, R$ 1,5 mil cada

Quatro ensiladeiras de forragem, duas a R$ 1 mil e as outras duas a R$ 500

Infraestrutura

Gol ano 2002, R$ 3,5 mil

Gol ano 2005 por R$ 5 mil

Saveiro, 2002, por R$ 5 mil

Saveiro, 2002, R$ 1,5 mil

Kombi, ano 2000, por R$ 2 mil

Caminhão ano 83 por R$ 15 mil

Caminhão basculante, ano 2001, por R$ 35 mil

Caminhão basculante, ano 85, por R$ 10 mil

Carregadeira Michigan, ano 93, por R$ 35 mil

Motoniveladora, Caterpillar, ano 97, por R$ 28 mil

Pneus usados, lote com mais de 40 unidades, valor de R$ 150 o lote

A administração de Capinzal espera arrecadar quase R$ 340 mil no mínimo com base nos lances iniciais. “Mas sabemos que, com certeza, os valores deverão ser elevados durante a realização do leilão”, estima o secretário.

Qualquer pessoa pode participar. Basta fazer o cadastro e se disponibilizar em aceitar todas as condições do leilão. “O interessado por verificar os produtos junto à secretaria de Infraestrutura. Depois tem o prazo para o pagamento e a transferência do bem. É preciso também verificar no edital as sanções e penalidades a fim de não prejudicar o município”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.