Prefeitura de Concórdia faz readequação orçamentária para canil

ocal terá capacidade para cuidado e tratamento dos animais apreendidos ou abandonados na cidade (Foto: Divulgação)

Concórdia – O projeto que visa construir uma Unidade de Acolhimento Provisório de Animais em Concórdia ainda está em fase de confecção, com um pequeno atraso das estimativas inicias. Neste momento, a equipe da secretaria de urbanismo e obras ainda está voltada a fase de orçamentos para viabilizar a proposta.
A etapa do projeto arquitetônico da estrutura já foi finalizada, assim como também já encerrou a fase de projetos complementares, que compreende a parte estrutural, elétrica, hidráulica, sanitária e tratamento de efluentes da unidade. As aprovações necessárias, primeiro do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), e depois pela Vigilância Sanitária de Concórdia, também já foram obtidas.
O próximo passo do projeto é o lançamento da licitação. Isso somente vai ocorrer quando a etapa de orçamento for finalizada. A viabilização já ocorreu, mas agora a equipe trabalha na readequação orçamentária para que a execução da obra caiba dentro deste valor, etapa que deve terminar até o fim do mês. O recurso destinado para o projeto não foi informado pela equipe da prefeitura.
O lançamento da licitação, portanto, fica para o início do ano que vem. A ideia da administração é lançar o edital ainda em janeiro, um rápido atraso em relação à previsão anterior, que era pra lançar até o fim deste ano.

Sobre o abrigo
A Unidade de Acolhimento Provisório de Animais abrigará temporariamente os animais e a intenção é atender a demanda represada das entidades que atualmente recolhem os pets enquanto procuram uma adoção responsável. O centro terá capacidade suficiente para cuidado e tratamento dos animais apreendidos ou abandonados na cidade, com espaço para alimentação e saúde.

Em julho do ano passado, o Ministério Público assinou um Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, com a Prefeitura de Concórdia e a AMA, para implantar a unidade que deverá ter capacidade suficiente para cuidado e tratamento dos animais apreendidos ou abandonados na cidade, com espaço para alimentação e saúde, até que os animais encontrem um tutor responsável.

O Legislativo de Concórdia aprovou o Projeto de Lei que dispõe sobre as normas e institui o Programa de Prevenção e Controle de Zoonoses e bem-estar animal em dezembro. Dentro das situações previstas nesta Lei, está à construção da Unidade de Acolhimento Provisório de Animais, ou seja, um canil (Com informações da Rádio Rural)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.