Prefeitura de Piratuba pretende licitar revitalização do acesso à usina ainda neste ano

Piratuba – No início de abril os vereadores de Piratuba aprovaram, por unanimidade, o projeto da Prefeitura para que um financiamento de R$ 7 milhões seja contraído pelo município. O objetivo do aporte é realizar uma obra de revitalização do asfalto precário que dá acesso à Usina Hidrelétrica Machadinho. Em entrevista ao Jornal Primeira Hora da Rádio Aliança, o secretário de Administração, Giovani Meneghel, destacou que a Administração está trabalhando para que a obra seja licitada ainda neste ano.

Meneghel contou que a documentação já está sendo encaminhada, para que o financiamento seja viabilizado. “A gente apresentou a proposta na Câmara, explicamos aos vereadores, eles aprovaram e agora já estamos fazendo a documentação. Encaminhamos o pedido à Caixa e estamos preenchendo os dados do sistema que analisa as possibilidades da dívida pública e operações de crédito na Secretaria do Tesouro”, detalha.  “Nós não podemos estabelecer prazos para não criar expectativas, até porque os trâmites são burocráticos, mas acreditamos que a liberação seja feita em breve e aí nosso objetivo é licitar a obra ainda neste ano”, ressalta o secretário.

Giovani também comentou na entrevista, que o trajeto que será revitalizado ainda não está definido, mas ele acredita que se os R$ 7 milhões forem liberados, é possível fazer mais da metade do percurso. “São 21 quilômetros que precisam de revitalização e desde o início deixamos claro que não será possível fazer todo o trajeto, porém, acreditamos que mais de 50% poderá ser feito. Já temos um pré-projeto elaborado”, destaca. “O município está fazendo o que é possível, vamos fazer uma boa parte do trajeto, mas é claro que a gente continua conversando e tentando sensibilizar o governo estadual e o federal, para que possam nos ajudar com mais recursos”, finaliza Meneghel. As informações são de Cristiano Mortari/Rádio Aliança.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.