Prisão, agressão, ameaça: confira as ocorrências atendidas pela Polícia Militar de Capinzal

Capinzal – Por volta das 9h deste domingo (15) a Polícia Militar em rondas no Loteamento Colina, próximo ao quartel dos Bombeiros, em Capinzal, avistou um motociclista em atitude suspeita, sendo realizado o acompanhamento e a abordagem. Em consulta ao nome do condutor, A. da S, junto ao sistema constatou-se que este não era habilitado, já a sua motocicleta Honda CG 150 com placa de Capinzal estava com a documentação em dia e foi liberada para condutor habilitado. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, o levantamento fotográfico e os autos de infrações de trânsito cabíveis, além de liberar o condutor no local.

Por volta das 10h45min a guarnição foi acionada para deslocar até a Rua Florinda Marcon, Nossa Senhora Aparecida em Lacerdópolis, onde recebeu informações de uma discussão de um casal. No local foi conversado com H.S., a qual informou que seu ex-companheiro M.R. da L., no dia de ontem, entrou em sua residência e a agrediu, além de proferir-lhe palavras de baixo calão, fato este lavrado em outro Boletim de ocorrência, sendo que no dia de hoje ligou novamente para a Polícia Militar, pois M.R. da L. estaria discutindo com H.S. em sua residência. A guarnição visualizou próximo a casa de H.S, e M.R. da L, o qual estava na rua, sendo que dirigiu-se até a guarnição e começou a explicar o que teria acontecido na noite passada, assim, foi realizada consulta criminal de M.R. da L, onde constava em aberto um mandado contra ele, fato este confirmado pelo Copom de Capinzal. Perante os fatos foi dado voz de prisão a M.R. da L., sendo feito uso das algemas, devido a ele já ser conhecido pelas guarnições e por ter várias passagens, posteriormente foi deslocado para o HUST de Joaçaba, pois apresentava um curativo em sua tíbia direita, o qual alegou ter se machucado a aproximadamente 15 dias em uma construção onde trabalhava. No HUST foi emitido um atestado médico liberando o encaminhamento de M.R. da L. para o Presídio Regional de Joaçaba. Diante dos fatos foi lavrado o Boletim de ocorrência e encaminhado o M.R. da L. ao Presídio Regional de Joaçaba.

Por volta das 13h15min a guarnição foi acionada para deslocar até a Avenida João Evangelista Parizotto, em Capinzal onde havia uma mulher estaria sendo ameaçada pelo seu companheiro.  Chegando no local foi conversado com L.A.C, a qual relatou que convive com M. dos S. há aproximadamente nove anos, sendo que no dia de hoje seu companheiro chegou em casa alterado e começou a lhe ameaçar, após, L.A.C deixou a residência e pediu ajuda para vizinhos chamarem a Polícia Militar.  Na chegada da guarnição M. dos S. já não estava mais no local, sendo que o mesmo havia saído em um veículo Peugeot de cor branca, em rumo desconhecido. A guarnição realizou buscas nas proximidades, mas não localizou o suposto autor. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência e orientou a vítima.

Por volta das 15h45min a guarnição PM foi acionada para deslocar até a Rua Francisco Helt, em Capinzal, onde um homem havia sido agredido. Chegando ao local os policiais conversaram com E.L, o qual, relatou que teve uma discussão com sua mãe J.S.C.L, a qual o agrediu com uma cadeirada que atingiu o braço direito, e após pegou uma faca e tentou atingi-lo, mas foi contida por familiares. Após o ocorrido E.L saiu de casa e foi até a casa de seu irmão, pois, se ficar em casa corre riscos, pois sua mãe tem surtos psicóticos com frequência. Na chegada da guarnição J.S.C.L, já não se encontrava mais no local. Diante dos fatos a guarnição confeccionou o boletim de ocorrência, o levantamento fotográfico e expediu a guia de lesão corporal leve dolosa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.