PSDB de Ouro emite nota de esclarecimento sobre ocupação de cargos na administração

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Ouro entregou um comunicado ao Prefeito e Vice-Prefeito do município para informar sobre a saída do partido da coligação que compõe a administração municipal, “Juntos por um Ouro melhor”.

Em um comunicado oficial enviado pelo partido às demais legendas dando ciência do rompimento da aliança por parte do PSDB, o presidente tucano em Ouro, Antônio Viganó afirmou que “Foi um casamento que não deu certo”.

O Prefeito Neri Luiz Miqueloto disse ser uma decisão do partido e que é preciso respeitar e seguir com os trabalhos sem nenhuma discriminação. Miqueloto ainda colocou que a maior justificativa do PSDB para a saída, é de que o partido não participava do planejamento das decisões e seria apresentada uma relação referente aos cargos para serem desocupados.

Nesta segunda-feira (1º), o PSDB emitiu uma nota de esclarecimento sobre o comentário feito pelo Prefeito, onde diz que esta aguardando o partido apresentar lista de cargos ocupados na administração. Em nota, o PSDB afirma que tinham apenas uma ocupante de cargo por indicação que estava filiada ao partido nesta administração, que era a diretora de saúde e recentemente se desfilou do partido.

Confira a Nota

“Viemos por meio desta nota esclarecer à toda a população do Município de Ouro – SC, que na reunião realizada com o Prefeito e o Vice-Prefeito Municipal no qual foi entregue comunicado com data de 22/02/2019  para comunicar que o PSDB não mais faria parte da coligação que compõe a administração municipal, não ficou acordado e nem sequer foi mencionada a necessidade do PSDB enviar uma lista com o nome dos filiados do nosso partido, que estavam ocupando cargos na atual administração pública.

Tendo em vista o nosso compromisso com a transparência e a verdade, salientamos que tínhamos apenas uma ocupante de cargo por indicação, que estava filiada ao partido nesta administração que era a diretora de saúde, que recentemente se desfilou do partido. Já a Secretária municipal de Educação não estava filiada ao PSDB, embora ocupasse este cargo por acordo feito durante a composição e formação da coligação.

Salientamos também, que por acreditar que a atual gestão tenha conhecimento e controle de quem são os ocupantes de cada cargo na administração municipal, e uma vez que deixamos muito claro no comunicado de saída da coligação que todo e qualquer cargo deveria ser entregue pelos membros do PSDB, fica claro que o prefeito é quem deve decidir quais profissionais devem permanecer ou deixar os cargos, independentemente de ser do PSDB.

Diante disso, fica novamente evidenciado que o PSDB não tem mais nenhuma participação político-partidária nesta coligação e consequentemente nesta administração e que a atual gestão é quem deve decidir que colaboradores devem continuar na administração e quais devem sair, não havendo desta forma, mais nenhuma participação do PSDB nesta atual administração.

Dessa forma, salientamos que este assunto se apresenta encerrado, e a população pode estar ciente de que estaremos sempre em busca do melhor para nosso município.

Sem mais para momento, desejamos votos de sucesso.”

Ouro, 30 de março de 2019.

Antônio Viganó – Presidente PSDB

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.