Relatório da FAB vai apontar causa de acidente em Ipumirim; liberação de corpo pode levar até 30 dias

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou ao jornalismo da Atual FM que o 5º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA), órgão do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) já realizou uma ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PR-RFB, que bateu em uma montanha em Ipumirim. A tragédia aérea ocorreu no sábado, dia 15, em Serra Alta, interior de Ipumirim.

Conforme o SERIPA, “a ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados”. Foram fotografadas cenas da área, partes da aeronave devem ser retiradas para análise e testemunhas serão interrogadas para ajudar na apuração do acidente.

O CENIPA com as informações poderá “prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram”. Os órgãos da aeronáutica não dão prazo para conclusão dos trabalhos, mas a intenção é fazer tudo no menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente”.

Na conclusão dos trabalhos, o CENIPA apresenta um relatório final identificando fatores que contribuíram para o acidente e elabora as respectivas recomendações de segurança de forma a tornar a aviação mais segura no Brasil.

A liberação do corpo de Ailton dos Santos Filho, piloto do avião que bateu em uma montanha em Linha Serra Alta, interior de Ipumirim, poderá levar até 30 dias. A informação foi confirmada pelo médico do Instituto Médico Legal de Concórdia, Alex Borges. Ele fez a necropsia nesta segunda-feira, dia 18, e coletou material para realizar o teste de DNA em Florianópolis.

De acordo com as informações, foi possível coletar sangue dos restos mortais do piloto que morreu carbonizado. Esse material deverá ser encaminhado à capital nas próximas horas, juntamente com material coletado de familiares. Os testes irão apontar se o corpo é realmente do piloto. O médico ressalta que o IML está tentando agilizar as análises em Florianópolis visando reduzir o tempo de espera para conclusão dos exames. (Atual FM)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.