Resultado dos exames em menina de Zortéa com suspeita de meningite é aguardado

Zortéa – É aguardado o resultado dos exames laboratoriais da menina de 12 anos, moradora de Zortéa, que está internada na UTI do Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba com suspeita de meningite. A informação foi repassada nesta tarde pela secretária de Saúde de Zortéa, Roseli Suzin.

Segundo ela, até esta quinta-feira o município ainda não havia recebido o resultado das análises. Conforme a secretária, a criança está com quadro clínico estável. Familiares dela também foram medicados e a paciente recebe todos os cuidados necessários.

A secretária comenta que a criança foi atendida na tarde da última segunda-feira no Hospital Nossa Senhora das Dores apresentando sintomas da doença. Em seguida ela precisou ser transferida ao HUST.

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave.

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade. A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação.

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno e das virais na primavera-verão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.