Santa Catarina foi o sexto estado com maior quantidade de cédulas falsas retidas em 2018

No total, 32.386 notas ilegais acabaram recolhidas, segundo dados do Departamento do Meio Circulante, do Banco Central. Em valores, isso representa R$ 2,62 milhões de dinheiro falsificado que saiu de circulação.

A cédula mais visada por golpistas, sem surpresas, é a de R$ 100. Foram 22.436 notas falsas deste valor apreendidas no Estado em 2018, totalizando R$ 2,24 milhões. Na sequência aparecem as de R$ 50, com 6.560 unidades que totalizaram R$ 328 mil.

O estado com o maior volume de notas falsas tiradas de circulação no ano passado foi São Paulo, com 167.181. Depois vêm Minas Gerais (56.593), Rio de Janeiro (42.803), Mato Grosso do Sul (33.406) e Paraná (33.263). Em todo o Brasil, 529.206 cédulas adulteradas foram retidas em 2018.

(NSC)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.