Santa Catarina forma primeira turma de mulheres para escolta prisional

Estado – Quatorze agentes penitenciárias e duas agentes de segurança do sistema socioeducativo concluíram o treinamento em escolta básica oferecido pela Academia de Justiça e Cidadania em Florianópolis. É a primeira turma formada só por mulheres a realizar o curso com duração de 36 horas. Dentre os módulos aprendidos, estão técnicas de algemação e condução, retenção de armas curtas e longas, além de treinamento de emboscada e contra emboscada.

As atividades práticas começaram na terça-feira e o curso foi finalizado em campo aberto na penitenciária da Capital sob chuva constante. Além das atividades em campo, as agentes receberam aulas de legislação. Os treinamentos foram orientados por duas instrutoras especializadas da Acadejuc, Grasiela Wilges e Caroline Ghem. Com a conclusão do treinamento, o grupo está habilitado em escolta prisional, técnica que visa prevenir fugas, além de aprofundarem as técnicas para movimentações internas e externas de detentos e trabalhos de guarda. (NSC Total)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.