Santa Catarina tem a melhor distribuição de renda do Brasil

Estado – A pesquisa Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) Contínua, rendimentos de todas as fontes 2018, divulgada nesta quarta-feira, dia 16, pelo IBGE, mostrou em diversos dados que Santa Catarina tem a mais equilibrada distribuição de renda do Brasil, apesar de conter os mesmos problemas de concentração registrados nas últimas décadas no país.

A média do estado ficou em R$ 2.328 por mês no ano passado, com retração de -0,9% frente a 2017, quando somou R$ 2.363. Santa Catarina teve a sexta maior renda do Brasil em 2018. A média nacional ficou em R$ 2.166.

Entre os números que mostram a melhor distribuição de renda no estado está o fato de Santa Catarina ter o maior percentual do país de pessoas com renda do trabalho, 50,1%, o que significa 3.540 milhões do total de moradores de 7.064 milhões. Entre os 10% da população com os menores rendimentos mensais reais, a maior média foi do estado catarinense:  R$ 626.

E entre os 10% mais ricos, o rendimento mensal real ficou em R$ 7.798, o que equivale a 12,6 vezes mais do que os R$ 626 dos 10% mais pobres. Essa diferença foi a menor do Brasil. No país, a diferença entre os mais ricos e os mais pobres alcançou nada menos do que 36,9 vezes.

Nem todos indicadores de Santa Catarina cresceram mais ou foram melhores, mas, as menores diferenças de renda significam que o estado sulista é mais justo. (Com informações NSC Total)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.