Saretta questiona Ministério da Saúde sobre suspensão de laboratórios que fabricam medicamentos fornecidos pelos SUS

O deputado Neodi Saretta fez um apelo ao Ministério da Saúde (MS) para que volte atrás da suspensão do contrato com laboratórios que fabricam 19 medicamentos fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Saretta, que é presidente da Comissão de saúde, disse lamentar essa decisão que afeta mais de 30 milhões de pacientes em todo o país. “Lamentável essa decisão. É um retrocesso contra a saúde pública”, disse.

Entre os medicamentos estão os destinados ao tratamento de câncer, diabetes, transplantes, artrite, hepatite C e vacina tetraviral. Ainda na tribuna, Saretta questionou o Governo Federal sobre qual o interesse nessa atitude. “O que leva um governo a fazer um ato como esse prejudicando milhões de brasileiros? É de interesse de quem essa suspensão? Qual é o laboratório estrangeiro que fabricará esses medicamentos? A quem interessa essa decisão?”, indagou o deputado.

Através de uma indicação, o deputado pede ao Ministério da Saúde que mantenha os contratos com os laboratórios públicos nacionais para produção de medicamentos distribuídos gratuitamente pelo SUS, bem como, que sejam mantidos os contratos e projetos de Parceria para Desenvolvimento Produtivo (PDP). O deputado explicou que, devido a política adotada, em breve haverá desabastecimento do estoque de medicamentos utilizados para tratamento de doenças graves.

Os laboratórios produtores são públicos e federais. Entre eles estão Biomanguinhos, Butantã, Bahiafarma, Tecpar, Farmanguinhos e Furp. Eles fabricam os remédios como parte de uma parceria com o ministério e fornecem os fármacos a preços 30% menores do que os do mercado. “Fica o apelo para que o Ministério da Saúde volte atrás dessa decisão e não prejudique milhões de brasileiros que precisam desses medicamentos”, finalizou Saretta. (Susana Rigo/Ascom)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.