SC-150 continua atormentando motoristas entre Capinzal e Piratuba

Capinzal/Piratuba – Enquanto fica somente na intenção dos responsáveis e nas promessas de melhoria os motoristas sofrem o impacto das más condições da SC-150 que liga Capinzal a Piratuba. Frequentemente novos buracos se abrem, principalmente após as chuvas. Trafegar pelo trecho se transformou num exercício de paciência e de habilidade para enfrentar as adversidades e imperfeições do asfalto, ou o que resta dele.

Na noite desta quinta-feira (05) Fabio da Silva Azevedo, que reside em Capinzal, foi mais um dos recentes prejudicados pelo descaso em relação a essa rodovia. O carro em que ele estava caiu num buraco e teve pneu estourado, roda entortada. Além do prejuízo financeiro a dor de cabeça provocado pelo transtorno e no período da noite. O incidente ocorreu próximo ao acesso à comunidade de Barro Preto, Pelas redes sociais, Grazieli Mattos, mulher de Fabio, desabafou:

“E como terminou nossa quinta feira?? Com uma roda torta e um pneu furado em meio a SC 150 sentido Capinzal/ Piratuba. Claro que não teria outro local para acontecer isso. Brasil de um governo lixo que não se importa com a população e os carros que trafegam nesse local. Crateras localizadas em vários pontos onde os motoristas tentam desviar de um em seguida pegam outro buraco.  E aí de quem é a culpa? Nossa! Com certeza não, pois nossos impostos temos que estar sempre em dia. E o prejuízo todo é do condutor”, descreveu.

O carro foi encaminhado na manhã desta sexta-feira para manutenção. Um boletim de ocorrência será registrado na tarde de hoje na delegacia de polícia. O casal estuda ingressar com ação indenizatória contra o Estado a fim de requerer o ressarcimento dos dados, e ainda, para forçar uma providência urgente do governo estadual.

Na semana passada o secretário de estado da Infraestrutura, Paulo França, esteve em Capinzal para vistoriar as obras do Contorno Viário. Questionado sobre a situação da SC-150 e as medidas a serem tomadas, França assegurou que uma empresa está em vias de ser contratada para fazer um trabalho mais aprofundado nesse trecho, incluindo fresagem. Ele acredita que em breve o contrato seja firmado e a empreiteira poderá iniciar os trabalhos. Entretanto, se irá surtir efeito, somente o tempo dirá, uma vez que pelo trecho trafegam diariamente inúmeros veículos, muitos deles pesados, e que exigem estrutura adequada para suportar o fluxo intenso.

Foto: Arquivo Pessoal/Grazieli Mattos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.