SC tem o 2º maior percentual de aposentados e pensionistas do Brasil

Estado – Um estudo divulgado nesta semana pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indica que Santa Catarina tem o segundo maior percentual de aposentados e pensionistas do Brasil. No Estado, a estimativa é que 18,4% dos catarinenses recebam benefícios, seja do regime geral do INSS ou dos institutos públicos de previdência. O resultado de Santa Catarina ficou 4,2 pontos percentuais acima da média nacional, que é de 14,2%. Nacionalmente, o Rio Grande do Sul é o líder, com 20,4% de aposentados ou pensionistas no total da população.

Um dos responsáveis pelo estudo, Rogério Nagamine conta que os dois estados mais austrais do país têm características um pouco diferentes do resto do país. Uma delas é o fato de terem uma população um pouco mais envelhecida, além de a longevidade ser maior. Os dois fatores ajudam a explicar a maior proporção de aposentados e pensionistas.

Supervisor técnico do Dieese-SC, o economista José Álvaro Cardoso reconhece a necessidade de se repensar a previdência, porém critica a atual proposta de reforma em tramitação no Congresso. Segundo ele, as alterações demográficas são uma realidade, mas as mudanças no sistema devem ser repensadas com calma.

O presidente da Federação das Associações dos Aposentados de Santa Catarina (Feapesc), Iburici Fernandes, é um exemplo de pessoa que se aposentou cedo. Ele diz que começou a trabalhar com 12 anos e com 14 anos já tinha a sua carteira assinada. Em contrapartida, se aposentou no regime geral aos 48 anos de idade, depois de 30 anos de contribuição: – Nós aqui começamos a trabalhar muito cedo, graças a Deus. E a minha vida foi toda dentro de uma empresa só, na qual trabalhei 33 anos.

Falando em nome da Feapesc, ele diz que a entidade é vigorosamente contra a reforma. Sua principal crítica é ao fato de que o país não se preparou adequadamente para esse momento, pois por muitas décadas o sistema previdenciário foi superavitário e o governo não soube gerir corretamente esse dinheiro. (Diário Catarinense)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.