Secretaria da Fazenda atende pleito antigo e muda cálculo de ICMS para exportação

Estado – A Secretaria Estadual da Fazenda publicou decreto que altera o regulamento do ICMS na transferência ou remessa de mercadorias para fins de exportação. A decisão faz justiça com os municípios que produzem e agora serão beneficiados com o aumento no Índice de Participação dos Municípios na arrecadação do ICMS. “Há mais de 15 anos trabalho por esta decisão na Assembleia Legislativa, com este decreto os municípios que produzem passam a receber a maior fatia do imposto que antes era destinada aos municípios que possuem os portos e, somente embarcam os produtos”, elogia o deputado Moacir Sopelsa.

O parlamentar enfatiza que a medida faz justiça com os municípios que produzem e estão responsáveis pelos atendimentos de saúde, assistência social, educação e infraestrutura dos funcionários da empresa que produz e industrializa os produtos para a exportação.

Concórdia e Seara estão entre os municípios diretamente beneficiados pela medida da secretaria da Fazenda que atende um antigo pleito. Para se ter uma ideia do impacto desta medida, conforme o decreto, a partir de agora 90% do valor adicionado será atribuído ao município onde é realizada a industrialização e 10% ao município em que está sediado o estabelecimento que recebeu e efetuou a exportação.

Na prática o valor da exportação de saída deverá corresponder ao preço de exportação. Nos casos em que a exportação seja realizada por valor superior ao da saída da indústria, o estabelecimento industrial emitirá nota fiscal complementar para ajustar o valor ao da efetiva exportação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.