Secretaria da Saúde de Capinzal realiza campanha de rastreamento de hepatites

A Secretaria da Saúde de Capinzal está desenvolvendo a campanha de rastreamento de hepatites nesta segunda quinzena do mês de julho. O objetivo é sensibilizar a população para a necessidade de realizar os exames para diagnóstico precoce e vacinação contra a doença.

Ao longo dos anos, as hepatites virais vêm se tornando um grave problema para a saúde pública no Brasil e no mundo. Elas estão relacionadas à cerca de 500 mortes por ano no Estado de Santa Catarina, segundo dados atualizados da Divisão de Vigilância Epidemiológica (DIVE).

Os exames para o rastreamento das Hepatites B e C estão disponíveis para toda a população, em todas as unidades de Saúde de Capinzal, durante todo o ano e não precisam de solicitação médica. O teste é rápido, seguro, sigiloso e o resultado sai em 30 minutos. O diagnóstico precoce evita complicações futuras.

A Secretaria da Saúde orienta que devem realizar os exames as pessoas a partir de 40 anos, que têm familiares com a doença e aquelas que fizeram tatuagens e/ou transfusões de sangue antes de 1993.

Vacinas

A vacina contra a Hepatite B está a disposição o ano todo na rede pública e é recomendada para todas as idades.

As crianças são vacinadas contra Hepatite B ao nascer, com 2, 4 e 6 meses (incluída na vacina Pentavalente). Contra a Hepatite A são vacinadas com 1 ano e três meses. Ainda não existe vacina contra Hepatite C. O tratamento para as Hepatites B e C somente é realizado pelo SUS.

Em Capinzal, em torno de 140 pessoas são portadoras de Hepatite B ou C e estão em tratamento e acompanhamento na Secretaria da Saúde. Realizam consultas médicas e exames conforme recomenda o Ministério da Saúde.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.