Secretaria de Saúde de Ipira lança 9ª Campanha de Câncer Bucal

Ipira – Sabendo que o câncer bucal é o sétimo tipo de neoplasma mais incidente entre os brasileiros, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a Secretaria Municipal de Saúde de Ipira realizará de 16 de Outubro a 14 de Novembro, a 9ª Campanha do Câncer Bucal, com exames gratuitos voltados à prevenção de toda a população.

A campanha oferece atividades educativas e orientações para o autoexame em todas as UBS da cidade, não sendo necessário agendamento para esta data. Os locais onde a campanha estará em atividade funcionam das 7h às 11h e das 13h às 17h, de segunda à sexta feira na UBS da sede e no Bairro dos Estudantes nas segundas, quintas e sextas-feiras.

O dia D acontece somente na UBS da sede no dia 21 de Outubro e para participar da campanha basta ter 40 anos ou mais e é necessário apresentação do cartão do SUS e o Cartão Família para realizar a avaliação.

Recentemente, fazendo parte das atividades da Campanha, as Odontólogas da Unidade estiveram realizando uma capacitação para as Agentes Comunitárias de Saúde do Município com o intuito foi informar e divulgar assuntos relacionados a esta importante ação que a Secretaria irá desenvolver.

O Secretário Municipal de Saúde e Promoção Social, Marcelo Minks enfatiza que é de grande importância que as pessoas participem de mais essa campanha que a Secretaria estará desenvolvendo, pois todas as ações são pensadas e cuidadosamente planejadas para proporcionar uma qualidade de vida ainda mais exitosa a população Ipirense.

Saiba Mais

O que é o câncer Bucal?

É um tipo de câncer que geralmente ocorre nos lábios (mais frequentemente no lábio inferior), dentro da boca, na parte posterior da garganta, nas amígdalas ou nas glândulas salivares. É mais frequente em homens do que em mulheres e atinge principalmente pessoas com mais de 40 anos de idade. O fumo, combinado com o excesso de bebida alcóolica, é um dos principais fatores de risco.

Se não for detectado de maneira precoce, o câncer bucal pode exigir tratamentos que vão da cirurgia (para a sua remoção) à radioterapia ou quimioterapia. Este câncer pode ser fatal, com uma taxa de sobrevivência de cinco anos de 50%. Uma das razões pelas quais este prognóstico é tão negativo é o fato de que os primeiros sintomas não serem reconhecidos logo. O diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.