Secretaria de Saúde de Luzerna divulga balanço dos atendimentos prestados via CisAMARP

Luzerna – A Secretaria de Saúde e Assistência Social (SMSAS) de Luzerna divulgou um balanço dos atendimentos prestados a pacientes do município através do Consórcio CisAMARP. Os números abrangem os dois semestres do ano passado e o primeiro semestre deste ano. Conforme o secretário de Saúde, Luiz Fernando Peruchini, com relação à produção pelo Consórcio CisAMARP houve uma avaliação positiva por parte dos pacientes.

“Eles [pacientes] estão gostando muito do atendimento feito nas clínicas onde o paciente encaminhado vai diretamente para o consultório médico e, tanto os pacientes quanto os nossos funcionários que acabaram indo em algum momento junto, ou para consulta ou para procedimento, falaram do bom atendimento como a principal característica dos procedimentos realizados pelo CisAMARP”, comenta.

Peruchini reitera que o reflexo disso é a grande procura por esses atendimentos. “Nós temos uma procura muito grande tanto pelos procedimentos quanto por consultas. Nos últimos meses, a gente está com o CisAMARP desde maio do ano passado onde nós temos um volume bem alto de procedimentos realizados”, completa.

Confira os dados:

Exames via CisAMARP

1º Semestre de 2017

Anatomopatológico: 0
Endoscopias/Colonoscopias: 1
Ultrassonografias: 18
Ressonância: 25
Tomografia: 8
Eletroneuromiografia: 0
Exames cardiológicos: 1
Mamografia: 0
Exames de neurologia: 0
Densitometria: 6

2º Semestre de 2017

Anatomopatológico: 18
Endoscopias/Colonoscopias: 10
Ultrassonografias: 136
Ressonância: 68
Tomografia: 28
Eletroneuromiografia: 4
Exames cardiológicos: 6
Mamografia: 85
Exames de neurologia: 14
Densitometria: 14

1º Semestre de 2018

Anatomopatológico: 61
Endoscopias/Colonoscopias: 31
Ultrassonografias: 124
Ressonância: 49
Tomografia:34
Eletroneuromiografia: 5
Exames cardiológicos: 27
Mamografia: 31
Exames de neurologia: 8
Densitometria: 23

Consultas via CisAMARP

1º Semestre de 2017

Cardiologia: 0
Neurologia: 0
Oftalmologia: 3
Otorrinolaringologista: 0
Psiquiatria: 15
Ginecologia/Obstetrícia: 0
Endocrinologia: 0
Ortopedia: 0
Outros: 14

2º Semestre de 2017

Cardiologia: 0
Neurologia: 0
Oftalmologia: 16
Otorrinolaringologista: 0
Psiquiatria: 47
Ginecologia/Obstetrícia: 0
Endocrinologia: 14
Ortopedia: 25
Outros: 5

1º Semestre de 2018
Cardiologia: 17
Neurologia: 17
Oftalmologia: 50
Otorrinolaringologista: 5
Psiquiatria: 49
Ginecologia/Obstetrícia: 5
Endocrinologia: 8
Ortopedia: 11
Outros: 8

Posto de Atendimento

Desde a inauguração, em 11 de junho, o Posto de Atendimento a Demanda Espontânea vem tendo grande procura. A Secretaria de Saúde e Assistência Social realizou um levantamento dos 12 primeiros dias funcionamento onde foram contabilizados 291 atendimentos médicos sem agendamento realizados no período matutino e 70 de enfermagem.

Dia 14/06
Médica 20 horas: 19
Médica ESF: 5
Enfermeira: 5
Total: 29

Dia 15/06
Médica 20 horas: 22
Médica ESF: 3
Enfermeira: 6
Total: 31

Dia 18/06
Médica 20 horas: 20
Médica ESF: 10
Enfermeira: 7
Total: 37

Dia 19/06
Médica 20 horas: 18
Médica ESF: 2
Enfermeira: 6
Total: 26

Dia 20/06
Médica 20 horas: 20
Médica ESF: 5
Enfermeira: 4
Total: 29

Dia 21/06
Médica 20 horas: 18
Médica ESF: 3
Enfermeira: 6
Total: 27

Dia 22/06
Médica 20 horas: 15
Médica ESF: 4
Enfermeira: 4
Total: 23

Dia 25/06
Médica 20 horas: 22
Médica ESF: 9
Enfermeira: 7
Total: 38

Dia 26/06
Médica 20 horas: 21
Médica ESF: 3
Enfermeira: 6
Total: 30
Dia 27/06
Médica 20 horas: 18
Médica ESF: 3
Enfermeira: 5
Total: 26

Dia 28/06
Médica 20 horas: 19
Médica ESF: 2
Enfermeira: 6
Total: 27

Dia 29/06
Médica 20 horas: 24
Médica ESF: 6
Enfermeira: 8
Total: 38

“São números bastante altos, nós temos nos últimos dias um número elevado tanto de consultas médicas quanto as consultas realizadas pelas equipes de enfermagem. Nós temos um pico de atendimento nas segundas e sextas-feiras onde a gente chega a atender quase 40 pacientes por turno, ou seja, numa manhã de sexta-feira nós atendemos 38 pacientes, desses 24 foram atendidos pela médica do Posto de Atendimento, seis pela médica de Saúde da Família que deu uma ajudada para desafogar um pouquinho o atendimento e mais oito que foram triados pela enfermagem e em consulta com o médico foram liberados”, avalia Peruchini.

Segundo ele, não está se deixando que ninguém saia sem consulta médica. “Nós até vamos ter que dar uma segurada agora um pouco no número de consultas para que a gente melhore a qualidade da consulta feita à população, mas salientamos que é um programa que veio, que a população aprovou e que vai continuar porque ele está dando bons resultados para todos nós”, destaca.

O P.A. de Luzerna funciona junto ao ESF Vila Alemanha, no centro, e está disponível a toda a população do município, entretanto, apenas para casos de atendimento imediato. O horário de funcionamento será das 7h45 às 11h45 e conta com uma equipe formada por técnico em enfermagem, enfermeiro e médico clínico geral.

A equipe realiza a triagem dos pacientes e são atendidos aqueles que se enquadrarem nas exigências do atendimento imediato e que apresentem, por exemplo, alterações de sinais vitais como temperatura, pressão, dores agudas, processos de agravamento de doenças crônicas, sintomas de doenças infecciosas que possam trazer risco de endemias à população, entre outros.

“Aos pacientes que necessitarem de atendimento imediato à tarde, cujos sintomas caracterizem um quadro agudo que não possa aguardar o outro dia, podem procurar as unidades de saúde da família, onde são triados pela equipe de enfermagem que determina a urgência de cada caso”, explica.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.