Secretaria de Saúde de Piratuba promove evento alusivo ou Novembro Azul

A exemplo do que foi realizado no “Outubro Rosa”, mês voltado para a prevenção dos cânceres de colo de útero e de mama, a Administração Municipal de Piratuba, através da Secretaria de Saúde, promoveu no Centro de Eventos, na tarde de ontem, dia 21, uma campanha de conscientização sobre a importância dos exames para diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Cerca de 350 homens da cidade e interior de Piratuba participaram do evento, que tem o slogan “Todos Juntos contra o Câncer de Próstata”. Neste mês, no mundo todo, são realizadas ações dentro do “Novembro Azul”.

Na abertura, a enfermeira Rita de Cássia de Oliveira, coordenadora do evento, repassou números referentes à doença no Brasil e no mundo. O secretário de Saúde, Vanderlei Weber, e o prefeito Bile Benjamini, destacaram a importância dos cuidados com a saúde, ressaltando os atendimentos realizados pela Unidade de Saúde de Piratuba. “O melhor tratamento nos casos de câncer de próstata ainda é o diagnóstico precoce, pois a doença é extremamente agressiva, levando à morte todos os anos, milhares de homens”, destacou Weber.

A programação da tarde iniciou com palestra do médico urologista dr. Etson Patzlaff, de Concórdia, que fez importantes esclarecimentos a respeito deste tipo de câncer. “No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Mais do que qualquer outro, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos”, informou.

O urologista fez questão de destacar que hábitos de vida saudáveis ajudam a prevenir doenças em geral, mas que no caso do câncer de próstata não há forma eficaz comprovada de prevenção. “Portanto, é fundamental que o diagnóstico seja descoberto precocemente para que a doença seja tratada logo no início, quando as chances de cura são de 90%”.

O câncer de próstata pode ser diagnosticado por meio de exame físico (toque retal) e laboratorial (dosagem do PSA). “Atualmente, recomenda-se que os homens comecem a realizar exames de prevenção do câncer de próstata a partir dos 50 anos. Em pacientes com forte histórico familiar, estes exames podem ser iniciados aos 40 anos”, destacou Patzlaff.

De acordo com o urologista, além da hereditariedade, a obesidade também é fator de risco para este tipo de câncer, assim como negros têm duas vezes mais chances de desenvolver a doença. “A causa disso ainda é desconhecida pela ciência”, completou o especialista.

Após a palestra, houve momento de descontração com show do trovador gaúcho Vitor Hugo, coquetel e entrega de brindes. Também foram disponibilizadas requisições de exames de PSA aos participantes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.