Sem dor ou febre, Bolsonaro apresenta evolução em exames

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro apresenta melhora nos exames laboratoriais e de imagem e evolui com quadro clínico estável, sem dor ou febre, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein na tarde desta quarta-feira 6.

O documento, assinado pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, o cardiologista Leandro Echenique e o superintendente do Albert Einstein, Miguel Cendoroglo, afirma ainda que Bolsonaro “continua com sonda nasogástrica, dreno no abdome e antibióticos por via endovenosa”. Ele está recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral. Ainda segundo o boletim, o presidente também realizou exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e voltou a caminhar no corredor. As visitas permanecem restritas.

A princípio, Bolsonaro deixaria o hospital nesta quarta-feira ou nesta quinta-feira, 7, mas teve sua alta adiada em virtude do tratamento com antibióticos de amplo espectro que está sendo ministrado após apresentar elevação da temperatura corporal, que chegou a 37,3°C, e alteração de alguns exames laboratoriais, com aumento de leucócitos, na noite de domingo 3.

Em sua conta no Twitter, o presidente afirmou, nesta quarta-feira, que se sente “cada dia melhor”, com as “funções fisiológicas em plena evolução” e que continua despachando do hospital.

Confira abaixo a íntegra do boletim:

O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na unidade semi-intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein. Evolui com quadro clínico estável, sem dor ou febre, com melhora dos exames laboratoriais e de imagem. Continua com sonda nasogástrica, dreno no abdome e antibióticos por via endovenosa. Está recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral. Hoje, realizou exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e voltou a caminhar no corredor. Por ordem médica, as visitas permanecem restritas. (Veja)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.