Senado vai debater indenizações pendentes às famílias das vítimas do voo da Chape

A situação das famílias das vítimas do voo da Chapecoense será tema de audiência pública nesta quinta-feira (15), às 10h, na Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, em Brasília (DF). O debate será sobre as pendências judiciais, securitárias e indenizatórias, de acordo com requerimento dos senadores Nelsinho Trad (PSD/MS), Espiridião Amin (PP/SC) e Marcos do Val (Cidadania/ES).

Foram convidadas para a audiência 27 pessoas. Entre elas, estão o procurador da República de Chapecó, Carlos Humberto Prola Júnior, o primeiro-secretário da embaixada da Bolívia, Faleg Valdez Cópas, os atletas sobreviventes Neto e Follmann – este teve parte da perna direita amputada e hoje é embaixador do Verdão –, além de representantes da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense (AFAV-C). A reunião será transmitida ao vivo pelo site www12.senado.leg.br/ecidadania/principalaudiencia.

Em 29 de novembro de 2016, um avião da companhia boliviana LaMia, que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu a poucos quilômetros do destino, deixando 71 mortos. Seis pessoas sobreviveram: além de Follmann e Neto, o jogador Alan Ruschel, o jornalista Rafael Henzel – morreu em março deste ano vítima de um infarto – e os tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suárez. (Informações da Agência Senado)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.