Solidariedade também lança nota sobre eleição à presidência da Câmara de Capinzal

Capinzal – Esquentou a disputa pela presidência da Câmara de Vereadores de Capinzal. As declarações do vereador Renato Marcelo Markus (PR), pretenso postulante à sucessão de Gilmar Junior da Silveira para o próximo biênio (2019-2020) fizeram com que o Partido da República (PR), ao qual é filiado, emitisse nota nesta quinta-feira (22) sobre o assunto.

Markus afirma que teve o apoio do PR para colocar o nome à disposição na eleição que acontece no próximo dia 11 de dezembro. Entretanto, a nota ressalta que a orientação dada em reunião extraordinária da legenda foi para que buscasse apoio junto aos colegas da bancada de situação, formada por Gilmar Junior da Silveira (PSD), Bruno Michel Favero (SD), Lucas Antônio Dorini (MDB), Alcidir Afonso Coronetti (MDB) e o próprio Markus.

Ainda ontem a bancada de oposição formada por Kelvis Borges (PP), Carlos Adriano Zocoli (PSDB), Rafael Tonial (PSB) e Valmor de Vargas (PPS) anunciou, em entrevista coletiva, o apoio à candidatura do republicano à presidência da Mesa Diretora.

Na tarde desta quinta-feira o Partido Solidariedade (SD), cujo vereador Bruno Michel Favero seria, através de acordo firmado para a atual legislatura, o candidato da vez na bancada de situação para assumir a presidência da Mesa Diretora, também emitiu nota encaminhada pela Executiva municipal. O texto esclarece o teor do acordo firmado entre os legisladores que dão sustentação à administração municipal. Confira:

“NOTA DO PARTIDO SOLIDARIEDADE DE CAPINZAL

O Partido Solidariedade de Capinzal, por meio de seu presidente, o Sr. Ludovino Soccol, vem a público manifestar-se quanto aos acontecimentos políticos ocorridos esta semana, em relação as manifestações proferidas pelo Vereador Renato Markus do PR e pelo Partido da República de Capinzal.

Em meados de dezembro de 2016, após as eleições municipais, os partidos SD, PSD, MDB, PR e PRB, e seus respectivos representantes legais, lideranças partidárias e os vereadores eleitos destas siglas para o atual pleito, em reunião elaboraram um projeto político da Câmara Municipal Legislativa 2017-2020, onde o Solidariedade, através de seu vereador, o Sr. Bruno Michel Fávero, estaria colocando o seu nome a disposição para a Presidência da respectiva Câmara, para o pleito de 2019/2020, com o apoio e concordância dos demais vereadores lá presentes.

As declarações feitas pelo Vereador Renato Markus do PR, e consentidas pelo Partido da República de Capinzal, veiculados na imprensa local, através de uma nota por escrito, vão contra o que fora previamente acordado, caracterizando uma quebra de confiança e respeito com o partido Solidariedade e ao projeto político por todos acordados.

O Partido Solidariedade reafirma o compromisso em manter o nome do Vereador Bruno Michel Fávero, como candidato a Presidência da Mesa Diretora da Câmara.

Após a eleição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Capinzal – SC, o Partido Solidariedade de Capinzal irá definir o seu posicionamento para os anos de 2019 e 2020.

Capinzal – SC, 22 de novembro de 2018.

PARTIDO SOLIDARIEDADE DE CAPINZAL”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.