SP: Sniper mata homem que fazia mãe e bebê reféns

SÃO PAULO,SP,17.10.2019:ASSALTO-AEROPORTO-VIRACOPOS-CAMPINAS-TIROTEIO - Criminosos fazem um assalto a uma transportadora de valores no Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas (SP), nesta quinta-feira (17). Durante troca de tiros dois seguranças foram baleados. Ambos os sentidos da Rodovia Santos Dumont (SP 75), em Campinas (SP), interior de São Paulo, foram fechados por caminhões colocados pelos bandidos. (Foto: Wagner Souza/Futura Press/Folhapress)

SP – Um atirador da Polícia Militar de São Paulo abateu um homem que fazia uma mãe e um bebê de 10 meses reféns, nesta quinta-feira (17), em Campinas. O criminoso é suspeito de ser um dos assaltantes que roubaram um carro-forte no aeroporto de Viracopos nesta manhã.

A criança saiu sem ferimento, mas a mãe foi encaminhada para o hospital da PUC com um ferimento na nádega esquerda.

De acordo com os policiais, as negociações para libertar mãe e filho começaram às 12h e terminaram às 14h06.

– As negociações caminhavam muito bem até que o meliante, com a arma na cabeça da refém, que tinha a filha no colo, se aproximou da porta e aumentou a agressividade de forma desconhecida, então o sniper que estava posicionado do outro lado da rua efetuou um disparo, um tiro de comprometimento, e a equipe tática fez a invasão – disse o comandante do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Luiz Augusto.

Ainda de acordo com o comandante, foi preciso fazer novos disparos contra o sequestrador quando a polícia invadiu o cativeiro.

Outros dois suspeitos de participarem do roubo também foram mortos. Dois seguranças foram baleados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.