Suspeito de pilotar avião que saiu de SC com cocaína é preso em Presidente Getúlio

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) prendeu, nesta quinta-feira (12) à noite, um empresário de Presidente Getúlio, no Vale do Itajaí. Ele é suspeito de ter pilotado o pequeno avião que saiu de Itapema, no dia 17 de novembro, carregado com 30 quilos de pasta base de cocaína.

A droga foi descoberta depois que a aeronave fez um pouso forçado na cidade de Elias Fausto, no interior de São Paulo, devido a uma pane. As hélices ficaram retorcidas com a manobra de emergência, e o trem de pouso dianteiro se soltou. Uma mulher que estava no avião foi presa, mas o piloto conseguiu fugir.

A droga foi encontrada no interior do avião. Segundo a Guarda Municipal da cidade, o avião havia saído de Americana (SP) em direção a Itapema, dias antes, e fazia a viagem de volta. A aeronave estava regular, e sem qualquer restrição de acordo com os registros da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O mandado de prisão do suspeito veio da 6ª Vara Federal de São Paulo. Ele foi levado ao Presídio Regional de Rio do Sul.

O advogado Luiz Eduardo Cleto Righetto, que representa o suspeito, informou que seu cliente permanecerá em silêncio até a defesa obtenha acesso ao conteúdo do inquérito, o que não havia ocorrido até o fim da manhã desta sexta-feira (13).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.